O Processo de Bolonha e a internacionalização do ensino superior na Europa: uma experiência multicultural

Palavras-chave: Internacionalização, Processo Bolonha, Universidade Aveiro

Resumo

O objetivo deste estudo é contribuir para uma reflexão conjunta sobre problemáticas de internacionalização das instituições de ensino superior (IESs) no quadro do Espaço Europeu de Ensino Superior (EEES). Embora a construção do EEES/Processo de Bolonha (PB) (1999) seja hoje em dia frequentemente criticada como projeto político legitimando a lógica economicista no quadro da globalização neoliberal em curso, e não ao serviço do desenvolvimento humano de carácter cooperativo e emancipatório, é inegável que algo se conseguiu na internacionalização das IESs na Europa. Neste trabalho, por meio de uma análise de conteúdo documental, analisam-se estratégias seguidas pelas IESs aderentes ao PB; por exemplo: (i) organização curricular de modo a mais facilmente transferirem internacionalmente as aquisições curriculares obtidas por intermédio de um novo sistema de unidades de crédito transferíveis (ECTS); (ii) oferta de novos programas de mobilidade (Erasmus +) para docentes e estudantes; (iii) processos de integração transnacionais em redes. Num segundo tempo, apresentam-se cenários possíveis de internacionalização. Os cenários, embora não sejam únicos, representam possibilidades de entender a internacionalização e ajudam a refletir sobre o campo de estudo e a partilha de ideias. Neste contexto, especifica-se o caso da universidade de Aveiro, Portugal, que integra a Rede Ibero-Americana GIEPES. Nas notas finais, discute-se o eventual interesse na criação de um espaço latino-americano de Educação Superior.

Biografia do Autor

António Cachapuz, Universidade de Aveiro, Portugal.

Professor catedrático (aposentado) da Universidade de Aveiro, Portugal.

 

Referências

BJERKE, Christian. Bologna 10 years on: the students’ view. IAU Horizons, v. 16, n. 2, p. 18-9, set. 2010.

BERWANGER, Otávio; SUZUMURA, Erica A.; BUEHLER, Anna Maria; OLIVEIRA, João Bosco. Como avaliar criticamente revisões sistemáticas e metanálises? Revista Brasileira de Terapia Intensiva, v. 19, n. 4, p. 475-80, out./dez. 2007.

CACHAPUZ, António. A construção do Espaço Europeu de Ensino Superior: um case study da globalização. In: PEREIRA, Elisabete; ALMEIDA, Maria de Lourdes (Org.). Universidade Contemporânea: políticas do processo de Bolonha. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2009. p. 13-26.

CARAÇA, João. À procura de um Portugal moderno. Lisboa: Campo das Letras, 2003.

GACEL-ÁVILA, Jocelyne. La dimensión internacional de las universidades. Contexto, procesos estratégias. Guadalajara: México, Universidad de Guadalajara, 2006.

COMUNICADO DE PARIS. Conferência Inter/Ministerial, 24/25 maio, Paris, França, 2018.

CROSIER, David; PURSER, Lewis; SMIDT, Hanne (Org.). TRENDS V: universities shaping the European Higher Education area. Brussels, Belgium: European University Association, 2007. Disponível em: https://eua.eu/downloads/publications/trends%20v%20universities%20shaping%20the%20european%20higher%20education%20area.pdf. Acesso em: 13 mar. 2020.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

HUDZIK, John K. Comprehensive internationalization: from concept to action. Washington: NAFSA, 2011. Disponível em: http://ecahe.eu/w/images/1/1f/Comprehensive_Internationalization_-_NAFSA.pdf. Acesso em: 13 mar. 2020.

KEELING, Ruth. The Bologna Process and the Lisbon Research Agenda: the European Commission: Expanding Role in Higher Education Discourse. European Journal of Education, v. 41, n. 2, p. 203-23, 2006.

LAMARRA, Norberto; GARCIA, Pablo. El desafío de innovar en la universidad Latinoamericana. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 50-65, jul./set. 2015.

MAASSEN, Peter. The modernisation of Higher Education governance in Europe. In: AMARAL, Alberto (Ed.). Políticas do Ensino Superior. Lisboa: Conselho Nacional de Educação, 2008. p. 71-106.

OLIVEIRA, Teresa; HOLLAND, Stuart S. Retórica e realidades nas reformas de Ensino Superior e no Processo de Bolonha. Ensino Superior, n. 29, p. 19-23, 2008.

PEREIRA, Elisabete; ALMEIDA, Maria de Lourdes (Org.). Reforma universitária e a construção do espaço europeu de ensino superior. Campina, SP: Mercado das Letras, 2011.

PEREIRA, Elisabete; ALMEIDA, Maria de Lourdes (Org.). Universidade contemporânea: políticas do processo de Bolonha. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2009.

SADLER, Michael. How far can we learn anything of practical value from the study of foreign systems of education. Comparative Education Review, v. 7, n. 2, p. 307-14, 1964 (reprinted).

SOBRINHO, José Dias. Processo de Bolonha. Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 9, n. esp., p. 107-32, dez. 2007.

SURSOCK, Andrée; SMIDT, Hanne (orgs). TRENDS 2010: a decade of change in European Higher Education. EUA, 2010. Disponível em: https://eua.eu/downloads/publications/trends%202010%20a%20decade%20of%20change%20in%20european%20higher%20education.pdf. Acesso em: 13 mar. 2020.

WIT, Hans; HUNTER, Fiona. The future of internationalization of higher education. International Higher Education, n. 83, p. 2-3, out. 2015.

ZGAGA, Pavel. Bologna revisited: where and what next? IAU Horizons, v. 16, n. 2, p. 14-6, set. 2010.

Publicado
2020-04-01
Seção
Dossiê