A tarefa artística do ato de conhecer: estética, criação e reexistência em Paulo Freire

Palavras-chave: Paulo Freire, criação, reexistência

Resumo

Citada em várias passagens da obra de Paulo Freire, a questão estética ou artística está dimensionada como parte fundamental das formulações prático-teóricas da pedagogia freireana. Este trabalho constitui-se a partir de um diálogo a respeito da problematização desta questão estética no pensar de Freire, refletindo as questões implicadas nesta compreensão, assim como a relação que a criação constitui junto à política, à medida que se torna emergente, também em nosso próprio momento político, a necessidade de inventar modos e estratégias pedagógicas a partir da contínua conscientização das questões políticas e socioculturais que nos atingem. As abordagens desenvolvidas sobre o tema em questão constituem como ponto de interseção à íntima relação entre arte, política e educação, e a compreensão da força da dimensão criadora como abertura de possibilidades no campo educacional e das reexistências; como contraponto à política mercadológica do determinismo histórico temporal dos poderes dominantes. Compreende-se que há muito ainda que aprofundar a respeito da questão estética em Paulo Freire, contribuindo com a emergência de novas práticas de luta e criação.

Biografia do Autor

Aristóteles de Paula Berino, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Doutor em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Professor na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), no Departamento de Educação e Sociedade (DES/IM/Nova Iguaçu), e no Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc).

Luciana Dilascio Neves, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Mestre em Ciência da Arte pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora do Departamento de Artes na (UFRRJ).  

Vanessa de Andrade Lira dos Santos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Mestre em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas (UERJ). Professora de Artes Visuais nas redes FAETEC e SEEDUC/RJ.

Referências

ALVES, Rubem. A utilidade e o prazer: um conflito educacional. In: DUARTE JR., João-Francisco. Fundamentos estéticos da educação. São Paulo: Cortez/Autores Associados; Uberlândia, MG: Universidade de Uberlândia, 1981.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BERINO, Aristóteles. Para ser um ser no mundo: a humanização é uma poética em Paulo Freire. Revista Teias, Rio de Janeiro, v. 19, n. 55, p. 329-39, out./dez. 2018.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Diante do tempo: história da Arte e anacronismo das imagens. Vera Casa Nova. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2015.

DUARTE JR., João-Francisco. Fundamentos estéticos da educação. São Paulo: Cortez/Autores Associados; Uberlândia, MG: Universidade de Uberlândia, 1981.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2019.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo; SHOR, Ira. Medo e ousadia: o cotidiano do professor. 14. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2021.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação. 19. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

SCHILLER, Friedrich. A educação estética do homem. Tradução de Roberto Schwarz Márcio Suzuki. São Paulo: Iluminuras, 2002.

SCHUBACK, Marcia Sá Cavalcante. O fascismo da ambiguidade: um ensaio conceitual. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2021.

SCHWARZ, Roberto. O pai de família e outros ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

Publicado
2022-02-17
Como Citar
de Paula Berino, A., Dilascio Neves, L., & de Andrade Lira dos Santos, V. (2022). A tarefa artística do ato de conhecer: estética, criação e reexistência em Paulo Freire. Série-Estudos - Periódico Do Programa De Pós-Graduação Em Educação Da UCDB, 26(58), 89-109. https://doi.org/10.20435/serie-estudos.v26i58.1600
Seção
Dossiê: Currículo, resistência e criação com as artes