Trajetória formativa dos educadores de jovens e adultos: o estado do conhecimento

Palavras-chave: trajetória formativa, Educação de Jovens e Adultos (EJA), estado do conhecimento

Resumo

O artigo apresenta uma análise acerca das produções acadêmicas no âmbito de mestrado e doutorado no que diz respeito à formação docente dos educadores de jovens e adultos. Partindo da constatação de que o desenvolvimento profissional docente voltado para o público da Educação de Jovens e Adultos (EJA) vem acontecendo de uma maneira espontânea, “nas fronteiras”, em que, no Brasil, não existe um perfil de educador de jovens e adultos, nem um parâmetro específico de formação destes educadores, fomos instigados a pesquisar o que tem sido produzido nessa temática, objetivando entender os processos formativos da EJA, bem como as realidades, possibilidades e dificuldades encontradas pelos professores dessa modalidade de ensino. Para tanto, lançamos o desafio de realizar uma pesquisa bibliográfica do tipo estado do conhecimento, com o recorte temporal de dez anos (2008-2018), utilizando os bancos digitais do Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), dos anais das reuniões da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED) e dos Simpósios da Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE). O trabalho em tela retrata uma investida exploratória, em teses e dissertações e trabalhos apresentados em eventos, resultando numa pesquisa quantitativa com recorte temporal, analisando como estão os estudos acerca da temática citada anteriormente.

Biografia do Autor

Marileide Lima Moutinho Pamponet Lima, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Adenilson Souza Cunha Júnior, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Licenciado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Professor adjunto do Departamento de Ciências Humanas, Educação e Linguagem e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Referências

ALCANTARA, Marcos Angelus Miranda de. O enunciado da Educação de Jovens e Adultos no Curso de Pedagogia da UFPB/Campus I. 2013. 160 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2013.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO [ANPAE], [s.d.] IN: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO. Disponível em https://anpae.org.br/website/simposios/simposios-historicos. Acesso: 22 jan. 2020

ARAÚJO, Margareth da Conceição Almeida de. A dor e a delícia de tornar-se professor da EJA: narrativas de si na construção formativa de educadores do juvenil do município de Catu-BA. 2015. 125 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, 2015.

BEZERRA, Andrezza Raquel Cirne. Educação de jovens e adultos: uma reflexão sobre a relação de saberes escolares e cotidianidades. 2013. 137 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2013.

CABRAL, Angela Ninfa Mendes De Andrade. Políticas de formação do pedagogo para atuação em espaços não escolares: o projeto político pedagógico da Autarquia Municipal do Ensino Superior de Goiana-PE. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2013.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR

(CAPES). Mestrados e doutorados reconhecidos. Brasília-DF, 2020. Disponível em: https://catalogodeteses.capes.gov.br/catalogo-teses/#!/. Acesso em: 20 jan. 2020.

FAÇANHA, Sabrina Carla Mateus. Alfabetização de jovens e adultos no Estado da Paraíba: registros político-pedagógica de experiências da década de 1960. 2013. 104 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2013.

FARIA, Vanessa Piedade Gontijo. Políticas públicas para a educação profissional: estudo da formação/profissionalização e do trabalho do professor do programa especial de formação pedagógica de docentes. 2014. 116 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP, 2014.

JÚNIOR, Adenilson Souza Cunha. Formação de professores para a educação de pessoas jovens e adultas no Brasil e no Chile: um estudo comparado entre o estado da Bahia e a região de Valparaíso. 2017. 227 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2017.

MACEDO, Nubia Sueli Silva. A formação docente e o fenômeno da juvenilização na educação de jovens e adultos: desafios formativos. 2017. 139 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação de Jovens e Adultos) – Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, 2017.

MACHADO, M. M. A prática e a formação de professores na EJA: uma análise de dissertações e teses produzidas no período de 1986 a 1998. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 23, 2000, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, Caxambu, 2000. (Edição eletrônica).

MASSENA, Renata da Silva. Histórias de vida: percursos de formação de licenciados em pedagogia no campo da EJA. 2015. 123 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação de Jovens e Adultos) – Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, 2015.

MATI, Emmeline Salume. Trajetórias de educadores construídas na educação de jovens e adultos: experiências e significados. 2008. 296 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2008.

MELO, Elma Nunes de. Olhares atentos, detalhes orientadores: o lugar da inteligência popular na alfabetização de jovens e adultos. 2015. 154 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2015.

NASCIMENTO, João Maria Pereira Do. A prática do planejamento de ensino na educação de jovens e adultos. 2010. 94 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 2010.

PEREIRA, Andréia da Silva. A alfabetização sob o olhar de uma educadora de EJA: entre o como e o por que. 2008. 105 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Franca, SP, 2017.

SANTOS, Priscila Morgana Galdino dos. Análise das práticas pedagógicas dos professores da EJA, à luz das políticas educacionais em um contexto sociocultural. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, 2018.

SANTOS, Maria Madalena da Conceição. Formação de professor da educação de jovens e adultos: um olhar reflexivo sobre os saberes docentes em uma escola estadual no município de Itamaraju-Bahia. 2017. 107 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação de Jovens e Adultos) – Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, 2017

SILVA, Alexandre Alves da. Estudo dos saberes da experiência docente no contexto da educação de jovens e adultos. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, BA, 2016.

SILVA-SOARES, Rafaela Carla. O educador de jovens e adultos e sua formação na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2017.

SOARES, Magda Batista. Alfabetização no Brasil: o estado do conhecimento. Brasília: MEC/INEP/Reduc, 1989.

VOSGERAU, Dilmeire Sant’Anna Ramos; ROMANOWSKI, Joana Paulin. Estudos de Revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional. Curitiba, v. 14, n. 41, p. 165-89, jan./abr. 2014.

Publicado
2021-06-10
Como Citar
Lima, M. L. M. P., & Cunha Júnior, A. S. (2021). Trajetória formativa dos educadores de jovens e adultos: o estado do conhecimento . Série-Estudos - Periódico Do Programa De Pós-Graduação Em Educação Da UCDB, 26(56), 219-241. https://doi.org/10.20435/serie-estudos.v26i56.1429
Seção
Artigos