O compromisso social como fazer pedagógico na Educação Superior: um estudo de caso no curso de Serviço Social

  • Maria Luísa Bissoto UNISAL
  • Maria Isabel Vicente UNISAL
Palavras-chave: Educação Superior. Conhecimento gerador. Serviço Social.

Resumo

Discute-se uma proposição didática humanista para a Educação Superior, contraposta à lógica mercantil da formação acadêmica, o Projeto Integrador de Pesquisa do curso de Serviço Social. Essa proposição, que vem sendo desenvolvida numa graduação em Serviço Social, caracteriza-se por vincular ensino e investigação socialmente comprometida. Metodologicamente, o referido Projeto é explanado e avaliado no âmbito do Modelo de Zona de Conhecimento Gerador, pretendendo averiguar se essa didática está sendo efetiva na construção de conhecimento capaz de gerar transformação social. Analisam-se as percepções dos estudantes em relação à sua participação nessa proposta, colocando-se também a reflexão sobre qual a missão da Universidade na sociedade contemporânea nesse sentido.

 

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Che cos’è un dispositivo? Italia: Nottetempo, 2006.

BALL, Aretha. To know Is Not Enough: Knowledge, Power, and the Zone of Generativity. Educational Research, v. 41, n. 08, p. 283-289, nov. 2012.

COLLIER, David. The Comparative Method. In: FINIFTER, Ada (Ed.). Political Science: the State of Discipline. Washington, D.C., EUA: American Political Science Association, 1993.

CUNHA, Maria Isabel. Indissociabilidade entre ensino e pesquisa: a qualidade da graduação em tempos de democratização. Perspectiva, UFSC, Florianópolis, v. 29, n. 2, p. 443-462, jul./dez. 2011.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 12. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

GIROUX, Henry. Ensino superior, para quê? Educar, Curitiba, PR, n. 37, p. 25-38, maio/ago. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602010000200003&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 4 set. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40602010000200003.

LIJPHART, Arend. Comparative Politics and Comparative Method. The American Political Science Review, v. 65, n. 03, p. 682-693, sep. 1971. Disponível em: <http://www.jstor.org/stable/1955513>..Acesso em: dez 2013.

ORTEGA Y GASSET, Josè. Misión de la Universidade y otros ensayos afines. Espanha: Revista de Occidente, 1965. Colección El Arquero.

TROWLER, Paul. Introduction: Higher Education Policy, Institutional Change. In: ______ (Ed.). Higher Education Policy, Institutional Change: Intentions and Outcomes in Turbulent Environments. Buckingham: SRHE/Open University Press, 2001. p. 1-23.

STAKE, Robert. The Art of Case Study Research. [s.l.]: Sage, 1995.

VIGOTSKI, Lev Semenovitch. A formação social da mente. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

YANOW, Dvora. Interpretive Analysis and Comparative Research. In: ENGELI, I.; ROTHMAYR, C. (Ed.). Comparative policy studies: Conceptual and methodological challenges. [s.l.]: Palgrave, ECPR, 2014. (Research Methods Series, cap. 07).

Publicado
2015-12-01
Seção
Artigos