Planos decenais de educação: sistematização do monitoramento e avaliação nos cenários estadual e municipal

Palavras-chave: Planejamento educacional, Plano Nacional de Educação, Plano Estadual de Educação, Plano Municipal de Educação.

Resumo

O presente texto tem como objetivo identificar as ações concernentes ao monitoramento e à avaliação do Plano Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul e do Plano Municipal de Educação de Naviraí, MS. Utiliza-se como metodologia a pesquisa documental, realizada nos sítios do Ministério da Educação, do Conselho Estadual de Educação e do Fórum Estadual de Educação, bem como nos Diários Oficiais do Estado e do Município em análise. Os resultados evidenciam a constituição de comissões para avaliação e monitoramento dos planos tanto em nível estadual quanto municipal, com elaboração do instrumento para levantamento de dados pelo Fórum Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul. No cenário nacional, contudo, a conjuntura desenhada a partir das reformas educacionais empreendidas pelo governo federal, desde 2016, aponta para imensos desafios às equipes responsáveis pelo monitoramento e avaliação dos planos educacionais, os quais devem ser considerados para além da dimensão técnica, mas, sobretudo como instrumento político com vistas à garantia de um projeto educacionalconstruído coletivamente pela sociedade brasileira, cujas metas e estratégias primam pela melhoria da qualidade da educação no Brasil.

Biografia do Autor

Elisangela Alves da Silva Scaff, Universidade Federal do Paraná
Professora do Departamento de Planejamento e Administração Escolar da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Marli dos Santos de Oliveira, Universidade Federal da Grande Dourados
Mestre em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados. Doutoranda pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS.

Referências

AMARAL, Nelson Cardoso. O “novo” ensino médio e o PNE: haverá recursos para essa política? Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 11, n. 20, p. 91-108, jan./jun. 2017. Disponível em: <http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/759>. Acesso em: 31 out. 2017.

______. PEC 241: a “morte” do PNE (2014-2024) e o poder de diminuição dos recursos educacionais. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Goiânia, v. 32, n. 3, p. 653-73, set./dez. 2016.

AVRITZER, Leonardo. Conferências nacionais: ampliando e redefinindo os padrões de participação social no Brasil. Rio de Janeiro: IPEA, 2012.

BAUER, Adriana; SOUSA, Sandra Zakia L. de. Indicadores para avaliação de programas educacionais: desafios metodológicos. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 23, n. 86, p. 259-84, jan./mar. 2015.

BEISIEGEL, Celso de Rui. O Plano Nacional de Educação. Cadernos de Pesquisa, n. 106, p.217-31, mar. 1999. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cp/n106/n106a10.pdf>. Acesso em: 16 mai. 2016.

BRASIL. Casa Civil. Lei n. 13.005, de 25 de julho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e da outras providências. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13005.htm>. Acesso em: 26 jun. 2017.

______. Casa Civil. Lei n. 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm>. Acesso em: 26 jun. 2017.

CARTA DE SÃO LUIZ DO MARANHÃO. Democracia em risco: a pesquisa e a pós-graduação em contexto de resistência. São Luiz, MA: ANPED, out. 2017.

CURY, Carlos Roberto Jamil. O Plano Nacional de Educação de 1936/1937. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTORIA DA EDUCAÇÃO, 7.Cuiabá, MT.Anais...Cuiabá, MT, 20 a 23 de maio de 2013.

DOURADO, Luiz Fernandes; GROSSI JÚNIOR, Geraldo; FURTADO, Roberval Angelo. Monitoramento e avaliação dos planos de educação: breves contribuições. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v.32, n.2, p.449-61 maio/ago.2016.

DOURADO, Luiz Fernandes. Avaliação do Plano Nacional de Educação 2001-2009: questões estruturais e conjunturais de uma política. Educação e Sociedade, Campinas, SP, v.31, n.112, p.675-705, jul./set. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v31n112/03>. Acesso em: 21 jan. 2016.

FIGUEIREDO, Marcus Faria; FIGUEIREDO, Argelina Maria Cheibub. Avaliação política e avaliação de políticas: um quadro de referência teórica. Análise & Conjuntura, Belo Horizonte, , v.1, n.3, p. 108-29, set./dez. 1986.

GOHN, Maria da Glória. Conselhos gestores e participação sociopolítica. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

JANNUZZI, Paulo de Martino. Avaliação de programas sociais: conceitos e referenciais de quem a realiza. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 25, n. 58, p. 22-42, maio/ago. 2014.

MATO GROSSO DO SUL. Fórum Estadual de Educação. 1° Relatório de monitoramento e avaliação do Plano Estadual de Educação: sistematização das metas e estratégias. 2017. Disponível em: <https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxjb2F2bW9wZWVtc3xneDpmOTVjZGNmOTg0ZTJiZWQ>. Acesso em: 7 jul. 2017.

______. Fórum Estadual de Educação. Regimento Interno. 2015a. Disponível em: <https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxmb3J1bWVkdWNtc3xneDozNjgyMjRlNjQ3OWUxMzQ0>. Acesso em: 7 jul. 2017.

______. Governo do Estado de. Lei n. 14.199 de 28 de maio de 2015. Campo Grande, MS: Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul, No. 8430, de 29 de maio de 2015, p. 2. Disponível em: <https://www.jusbrasil.com.br/diarios/92938785/doems-normal-29-05-2015-pg-2>. Acesso em: 23 fev. 2017.

______. Governo do Estado de. Lei n. 4.621 de 22 de dezembro de 2014. Aprova o Plano Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul, e dá outras providências. Campo Grande, MS: Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul, No. 8828, de 26 de dezembro de 2014, p. 6. Disponível em: <http://www.sed.ms.gov.br/wp-content/uploads/sites/67/2015/05/Plano-Estadual-de-Educa%C3%A7%C3%A3o-MS.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2017.

NAVIRAÍ. Portaria n. 15de 6 de maio de 2016. Dispõe sobre a composição da Comissão Municipal de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação de Naviraí/MS – CMMA/PME – Naviraí e da Equipe Técnica da CMMA/PME- Naviraí e da outras providências. 2016.

_______. Planejamento orçamentário. Anexo II- Descrição dos Programas Governamentais/Metas/Custos do PPA 2014 a 2017. 2014. Disponível em: <http://www.navirai.ms.gov.br/media/W1siZiIsImFuZXhvcy8yMDE1LzA1LzA3LzE5Xz EwXzA2Xzg2MDk5MDM1OS9SRVNVTU8gTUVUQVMgRSBDVVNUT1MgLSBQUEEu cGRmIl1d?sha=d46d5c89e726ef50>. Acesso em: 23 fev. 2016.

______. Lei n. 1.933 de 16 de junho de 2015. Aprova o Plano Municipal de Educação de Naviraí-MS e dá outras providências. Naviraí, MS, 2015.

OLIVEIRA, Marli dos Santos de. Do Plano Nacional aos Planos Municipais de Educação: estudo do município de Naviraí-MS. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Dourados, MS, 2017. Disponível em: <http://files.ufgd.edu.br/arquivos/arquivos/78/MESTRADO-DOUTORADO-EDUCACAO/MARLI%20DOS%20SANTOS%20DE%20OLIVEIRA.pdf>. Acesso em: 1º jun. 2017.

PNE EM MOVIMENTO. Situação dos Planos de Educação. 2017. Disponível em: <http://pne.mec.gov.br/planos-de-educacao/situacao-dos-planos-de-educacao>. Acesso em: 17 abr. 2017.

POCHMANN, Marcio. Estado e capitalismo no Brasil: a inflexão atual no padrão das políticas públicas do ciclo político da nova república. Educação e Sociedade, Campinas, SP, v. 38, n. 139, p.309-30, abr./jun. 2017.

RUA, Maria das Graças. Análise de políticas públicas: conceitos básicos. 2007. (Mimeo).

SOUSA, Donaldo Bello de; MENEZES, Janaína Specht da Silva. Elaboração e aprovação de planos de educação no Brasil: do nacional ao local. Ensaio: Avaliação e Política Pública, Rio de Janeiro,v. 23,n.89, p.901-36,out./dez. 2015.

Publicado
2018-04-12
Como Citar
Scaff, E. A. da S., & Oliveira, M. dos S. de. (2018). Planos decenais de educação: sistematização do monitoramento e avaliação nos cenários estadual e municipal. Série-Estudos - Periódico Do Programa De Pós-Graduação Em Educação Da UCDB, 23(47), 141-162. https://doi.org/10.20435/serie-estudos.v23i47.1081
Seção
Artigos