Internacionalização da Educação Superior: a questão da mobilidade discente na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS (2011-2017)

Palavras-chave: internacionalização, educação superior, mobilidade discente

Resumo

Considerado um dos processos fundamentais para a Educação Superior na atualidade, a internacionalização abrange a participação em projetos conjuntos de pesquisa; a conformação de currículos interinstitucionais; a publicação em veículos internacionais etc. Entre suas várias facetas, destaca-se a mobilidade discente, envolvendo graduação e pós-graduação. Este é o objeto deste artigo, que discute a mobilidade discente internacional na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), entre 2011 e 2017. Para tal, foi priorizado o estudo do Programa Ciência sem Fronteiras e do Programa de Doutorado-Sanduíche no Exterior, que contaram com financiamento da Capes e do CNPq. O objetivo geral do artigo é analisar como se deu a implementação desses programas na UFMS e alguns impactos das políticas ali desenvolvidas. Os dados foram coletados nos relatórios de gestão da UFMS, Capes e CNPq e na produção que analisa a mobilidade discente internacional no Brasil. Como conclusões, destaque-se a forma como tais políticas educacionais induziram o fazer científico na UFMS, ao privilegiar determinadas áreas do conhecimento e países de destino. Ao mesmo tempo que tais políticas deram forma à institucionalização da UFMS na sua internacionalização, o decréscimo do aporte financeiro para tais programas coloca em risco o seu andamento, visto que a instituição não tem autonomia financeira para viabilizar a continuidade desses programas.

Biografia do Autor

Silvia Helena Andrade Brito, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora e pesquisadora sênior da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora e pesquisadora sênior da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.[A1] [A2] 

 [A1]inserir mini currículo das três autoras

 [A2]SILVIA HELENA ANDRADE DE BRITO (faltou o de, antes de Brito)

 

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora e pesquisadora sênior da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.

 

MARGARITA VICTORIA RODRÍGUEZ

 

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora Associada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.

 

CARINA ELISABETH MACIEL

 

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Professora Adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.

Margarita Victoria Rodríguez, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora Associada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.
Carina Elisabeth Maciel, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Professora Adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus Campo Grande.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Portal PEC-G. Brasília, 2019. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g. Acesso em: 5 out. 2019.

BRASIL. Ministério das Relações Exteriores. Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação – PEC-PG. Brasília, 2019. Disponível em: http://www.dce.mre.gov.br/PEC/PECPG.php. Acesso em: 5 out. 2019.

CAPES. Programa de Doutorado-Sanduíche no Exterior (PDSE). Brasília, 2019. Disponível em: https://www.capes.gov.br/bolsas-e-auxilios-internacionais/pais/218-multinacional/9660-programa-de-doutorado-sanduiche-no-exterior-pdse . Acesso em: 15 set. 2019.

CAPES. Portal da transparência: pesquisa por instituição de vínculo do bolsista – UFMS. Brasília, 2017. Disponível em: http://transparencia.capes.gov.br/transparencia/xhtml/PesquisaEntidadeEnsino.faces. Acesso em: 29 set. 2019.

CAPES. Bolsas Ativas em Programas de Mobilidade Internacional 2013 a 2016. Brasília, 2016. Disponível em: https://dadosabertos.capes.gov.br/dataset/bolsas-programas-mobilidade-internacional-2013-a-2016. Acesso em: 25 set. 2019.

CAPES. Relatórios de gestão dos exercícios: exercícios de 2013 a 2017. Brasília, 2014-2018. Disponível em: https://www.capes.gov.br/acessoainformacao/auditorias. Acesso em: 28 set. 2019.

CAPES. Portaria n. 69, de 2 de maio de 2013. Aprovar o Regulamento do Programa de Doutorado-Sanduíche no Exterior – PDES. Brasília, 2013. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria_069_RegulamentaPDSE_22Maio2013.pdf. Acesso em: 16 set. 2019.

CHAVES, Vera Lúcia Jacob; CASTRO, Alda Maria Duarte Araújo de. Internacionalização da educação superior no Brasil: programas de indução à mobilidade estudantil. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 118-37, jan./abr. 2016.

CNPq. Bolsas especiais no país e no exterior: resultados. Brasília, 2017. Disponível em: http://www.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=resultados&startPage=1&buscaChamada=&ano=2017. Acesso em: 15 set. 2019.

CNPq; CAPES. Ciência sem Fronteiras: inscrições e resultados. Brasília, 2016a. Disponível em: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/inscricoes-resultados. Acesso em: 20 set. 2019.

CNPq; CAPES. Painel de controle do Programa Ciência sem Fronteiras. Brasília, 2016b. Disponível em: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/painel-de-controle. Acesso em: 8 set. 2019.

CNPq; CAPES. Ciência sem Fronteiras: um programa especial de mobilidade internacional em ciência, tecnologia e inovação. Brasília, 2011.

CONTEL, Fábio Betioli; LIMA, Manolita Correia. A internacionalização da educação superior nos EUA: principais características. Revista Eletrônica de Negócios Internacionais, São Paulo, v. 3, n. 2, p. 162-80, ago./dez. 2008.

CONTEL, Fabio Betioli; LIMA, Manolita Correia. Aspectos da internacionalização do ensino superior: origem e destino dos estudantes estrangeiros no mundo atual. Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 167-193, jul./dez. 2007.

IANNI, Octávio. O cidadão do mundo. In: LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval; SANFELICE, José Luís (Org.). Capitalismo, trabalho e educação. 2. ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2004. p. 27-34.

MELLO, Alex Fiúza de. Marx e a globalização. São Paulo: Boitempo, 1999.

PINTO, Marialva Moog; LARRECHEA, Enrique Martínez. Internacionalização da educação superior: uma análise das tendências de mobilidade dos estudantes entre países do norte e do sul global. Avaliação (Campinas), Sorocaba, SP, v. 23, n. 3, p. 718-35, set./dez. 2018.

RODRÍGUEZ, Margarita Victoria; BRITO, Silvia Helena Andrade de; PAIVA, Flávia Melville. O processo de internacionalização na/da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) – Brasil. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 5, p. 1-28, 2019. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8653819/19207 . Acesso em: 20 abr. 2019.

SILVA CARVALHO, Claudiane. Programa Ciência sem Fronteiras na UFV, Campus de Rio Paraíba: êxitos e fracassos. 2015. 147f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 2015.

SILVA JUNIOR, João dos Reis da; KATO, Fabíola Bouth Grello. A política de internacionalização da educação superior no plano nacional de pós-graduação (2011-2020). Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 138-51, jan./abr. 2016.

THIENGO, Lara Carlette. Universidades de classe mundial ou o fim da universidade como Universitas? Campinas, SP: Mercado das Letras, 2019.

UFMS. AGINOVA. Divisão de Relações Internacionais. Mobilidade acadêmica internacional outgoing: graduação e pós-graduação 2016-2018. Campo Grande, MS, 2020.

UFMS. Resolução n. 80, de 30 de agosto de 2018. Estabelece o Plano Institucional de Internacionalização no âmbito da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Boletim Oficial da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, n. 6868, p. 1-14, 31 ago. 2018. Disponível em: https://boletimoficial.ufms.br/. Acesso em: 8 set. 2019.

UFMS. Relatórios de Gestão: exercícios 2011 a 2017. Campo Grande, MS, 2012-2018.

UFMS. Edital n. 64, de 29 de setembro de 2011. PDSE período 2012. Boletim Oficial da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Campo Grande, n. 5147, p. 13, 31 out. 2011. Disponível em: https://boletimoficial.ufms.br/. Acesso em: 8 set. 2019.

UFMS. Histórico. [s.d.]. Disponível em: https://www.ufms.br/universidade/historico/. Acesso em: 20 mar. 2019.

Publicado
2020-04-01
Seção
Dossiê