O Pibid e a formação inicial de professores: contribuições à prática educativa inclusiva

Palavras-chave: Formação inicial de professores, PIBID, Pedagogia, Educação Especial, Inclusão

Resumo

O objetivo da pesquisa consistiu em investigar as contribuições do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) do curso de Pedagogia, para a formação inicial de professores, como aspecto relevante à prática educativa inclusiva. A metodologia fundamentou-se na perspectiva qualitativa, por meio de pesquisa de campo. Participaram da investigação quatro professoras egressas da Pedagogia de uma universidade pública, as quais foram integrantes como bolsistas de iniciação à docência no subprojeto de educação especial inclusiva. Para a produção das informações, optou-se pela entrevista semiestruturada, questionário e análise documental. Os resultados demonstraram que as participantes avaliaram a experiência no Pibid como positiva, tornando a formação e a atuação profissional mais significativa por meio da articulação teoria e prática, que permitiu planejar e realizar atividades capazes de inserir, em certa medida, os alunos no currículo e ampliar as relações interpessoais, apesar da estrutura e organização excludente da escola. Conclui-se que as possibilidades construídas no Pibid ensejam aos futuros professores subsídios orientadores da problematização da realidade escolar e formulação de alternativas pedagógicas.

Biografia do Autor

Eliane Rodrigues Martins, Universidade Estadual do Ceará (Uece),

Licenciatura plena em Pedagogia.

Geandra Cláudia Silva Santos , Universidade Estadual do Ceará - UECE

Doutorado em Educação pela Universidade de Brasília (UnB), mestrado em Educação Especial pela Universidade Estadual do Ceará (Uece). Graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Regional do Cariri (Urca). Atualmente, é professora adjunta da Uece, com atuação na graduação (cursos de licenciaturas) e no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), na área de Educação Especial/Inclusiva. Coordenadora de área do Pibid da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Líder do Grupo de Pesquisa Educação Especial na Uece, vinculado ao CNPq. Tem publicações na interface educação especial/inclusiva e subjetividade, com ênfase na formação e atuação de professores.

Referências

ASSIS, Alessandra. Pibid no contexto das políticas de formação docente. In: PENITENTE, Luciana; MENDONÇA, Sueli (Org.). Políticas para a formação de professores da educação básica: modelos em disputa. Marília: Oficina universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2016. p. 73-86.

BRASIL. Portaria n. 96, de 18 de julho de 2013. Regulamento do programa institucional de bolsa de iniciação à docência. Brasília: CAPES, 2013. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria_096_18jul13_AprovaRegulamentoPIBID.pdf. Acesso em: 18 set. 2018.

BRASIL. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Secretaria de Educação Especial - MEC/SEESP. Brasília: MEC, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16690-politica-nacional-de-educacao-especial-na-perspectiva-da-educacao-inclusiva-05122014&Itemid=30192. Acesso em: 5 maio 2018.

CENTRO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DA REGIÃO DOS INHAMUNS. Formulário de submissão de subprojeto Pibid/Cecitec. Tauá: Cecitec, 2013.

DINIZ-PEREIRA, Júlio Emilio. O ovo ou a galinha: a crise da profissão docente e a aparente falta de perspectiva para a educação brasileira. Revista Brasileira de Estudos Pedagógico,. Brasília, v. 92, n. 230, p. 34-51, jan./abr. 2011.

FARIAS, Isabel; Josete de Oliveira Castelo Branco SALES; Maria Margarete Sampaio de Carvalho Braga; Maria do Socorro Lima Marques França. Didática e docência: aprendendo a profissão. Fortaleza: Liber Livro, 2014.

FERNANDES, Cleoni Maria Barboza; CUNHA, Maria Isabel da. Formação de professores: tensão entre discursos, políticas, teorias e práticas. Inter-Ação, Goiânia, v. 38, n. 1, p. 51-65, jan./abr. 2013.

GONZATTI, S. E. M. Contribuições do Pibid para a formação inicial de professores: a terceira margem do rio. 2015. 178 f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

MENDES, Enicéia; CIA, Fabiana; CABRAL, Leonardo. Inclusão escolar e os desafios para a formação de professores em educação especial. São Carlos: Marquezine & Manzini, 2015.

MITJÁNS MARTÍNEZ, Albertina. O direito de ser sujeito: contribuições da perspectiva histórico-cultural para a educação especial. Trabalho apresentado na mesa-redonda: educação especial e garantia de direitos. In: I Conferência Municipal de Educação, Teresina, 2005.

MOURA, Eduardo; VIANA, Cleide. Iniciação à docência: contornos e implicações de uma política de formação de professores. In: FARIAS, Isabel; JARALELINO, José; SILVESTRE, Magali (Org.). Aprender a ser professor: aportes de pesquisa sobre o Pibid. Jundiaí: Paco Editorial, 2015. p. 81-96.

OLIVEIRA, Anna. Inclusão escolar e formação de professores: o embate entre o geral e o específico. In: MENDES, Eniceia; ALMEIDA, Maria (Org.). Das margens ao centro: perspectivas para as políticas e práticas educacionais no contexto da educação especial inclusiva. Araraquara, SP: Junqueira & Marin, 2010. p. 141-56.

OLIVERI, Andressa M. Políticas de formação de professores no Brasil: um estudo sobre o Pibid na região de Inconfidentes-MG. Ouro Preto: Editora Ufop, 2017.

PLETSCH, Márcia; SOUZA, Flávia. Observatório de educação especial e inclusão escolar: balanço das pesquisas e das práticas na Baixada Fluminense. São Carlos: Marquezine & Manzini: ABPEE, 2015.

SANTOS, Geandra Cláudia Silva. Formação inicial complementar de professores: contribuições do Pibid para a prática com alunos da educação especial. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 19., Salvador, 2018. Anais [...]. Endipe/UFBA, Disponível em: http://www.xixendipe.ufba.br. Acesso em: 4 out. 2018. p. 25-35.

SOUSA, Patricia B. Formação continuada do professor do Atendimento Educacional Especializado. 2016. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) – Centro de Educação Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns, Universidade Estadual do Ceará, Tauá, CE, 2016.

SOUZA, Maria Angélica Pires; COSTA, Maria Stela; HOLANDA, Telma Regina Pessoa. A importância do atendimento educacional especializado (AEE) para a aprendizagem dos alunos com deficiência. In: SANTOS, Gendra; RIBEIRO, Renata; SAMPAIO, Rosa; PINTO, Soraya (Org.). Inclusão: saberes, reflexões e possibilidades de uma prática em construção. Fortaleza: Eduece, 2015. p. 246-62.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ. Detalhamento da proposta institucional do Pibid/Uece. Fortaleza: UECE, 2013.

Publicado
2020-07-28
Seção
Artigos