Apresentação do Dossiê: As (novas) políticas curriculares para formação docente: paradoxos e problematizações possíveis

Palavras-chave: dossiê

Resumo

Texto de apresentação do dossiê: As (novas) políticas curriculares para formação docente: paradoxos e problematizações possíveis

Biografia do Autor

Graça Regina Franco da Silva Reis, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutora em Educação. Professora do Colégio de Aplicação e do Programa em Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Líder do Grupo de Pesquisa Conversas entre Professores: Alteridades e Singularidades (ConPAS) − Apoio CNPq e Faperj.

Verônica Borges de Oliveira, Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)

Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Especialista em Psicopedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Graduada em Psicologia pela UFF. Professora adjunta no Departamento de Educação Aplicado ao Ensino (Deae) da Faculdade de Educação da Uerj, unidade Maracanã. Professora credenciada no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ProPEd/Uerj), na linha Currículo: Sujeitos, Conhecimento e Cultura. Pesquisadora no Grupo de Pesquisa do CNPq Discursos sobre Avaliação nas Políticas de Currículo para a Formação e o Trabalho Docente no Espaço Ibero-Americano. Pesquisadora no Grupo de Pesquisa Políticas de Currículo e Cultura. Membro da Association for Teacher Education in Europe.

Referências

.
Publicado
2020-09-28
Seção
Dossiê: As (novas) políticas curriculares para formação docente: paradoxos e pro