O ENEM e seus reflexos na prática pedagógica dos professores de Biologia

  • Everaldo dos Santos Universidade Federal do Paraná
  • Christiane Gioppo Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Resumo

Esta pesquisa buscou informações sobre os reflexos dos resultados do ENEM 2009 na prática pedagógicados professores de Biologia bem como na prática cotidiana pedagógica da escola. Analisamos osresultados do exame de 2009 e confrontamos com o estudo de seis escolas públicas de Curitiba, noestado do Paraná, que foram amostradas. As análises documentais e as entrevistas revelaram que, dealguma forma, há influência do ENEM sobre a Educação em Ciências com prováveis consequências naspráticas pedagógicas. Os resultados desta pesquisa apontam para alguns fatores que influenciam aspráticas pedagógicas dos professores, como a relação entre os conteúdos selecionados no planejamentodos professores de Biologia, os encaminhamentos adotados a partir de documentos que orientam a suaprática e o que realmente é ensinado em sala de aula.

Biografia do Autor

Everaldo dos Santos, Universidade Federal do Paraná
Instituto Federal do Paraná, Campus Paranaguá (IFPR). Doutor na Universidade Federal do Paraná Bolsista IEPAMCAPES/INEP/SECAD.
Christiane Gioppo, Universidade Federal do Paraná (UFPR)
Professor adjunto da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Referências

BLACK, P.; WILIAM, D. The Black Box. Londres: Kings College, 1998.

FRANCO, C.; BONAMINO, A. O ENEM no contexto das políticas para o Ensino Médio. Química Nova na Escola, São Paulo, n. 10, nov. 1999.

LOPES, A. C. Cultura saber e conhecimento. In: LOPES, A. C. Conhecimento escolar Ciência e conhecimento. Rio de janeiro: UERJ, 1999.

______. O livro didático nas políticas públicas de currículo. In: LOPES, A. C. Currículo e epistemologia. Ijuí: Unijuí, 2007.

MACEDO, E.; LOPES, A. C. Disciplinas e integração curricular: história e políticas. Rio de Janeiro: DP & A, 2002.

MACENO, N. G.; PEREIRA, J. R.; MALDANER, O. A.; GUIMARÃES, O. M. Análise da Matriz de Referência do ENEM 2009 frente ao desafio de recriar o Currículo de Química na educação básica. In: ENCONTRO DE DEBATES SOBRE O ENSINO DE QUÍMICA (EDEQ), 30., 2010, Porto Alegre. PUC/RS, 2010.

MALAVASI, M, M, S. Avaliação institucional de qualidade potencializada pela participação dos vários seguimentos da escola. In: Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. (Coleção Didática e Prática de Ensino).

MINHOTO, M. A. Modelação curricular do Ensino Médio: Análise de prescrições legais e do papel da avaliação dos sistemas de ensino. Jornal de Políticas Educacionais, Curitiba, n. 5, janeiro-junho, 2009.

NUNES, C. M. F. Saberes docentes e formação de professores: um breve panorama da pesquisa brasileira. Educação & Sociedade, Campinas, n. 74, 2001.

PEIXOTO, K. C. Q. C.; MARTINS, R. L. C.; LINHARES, M. P. Um olhar investigativo sobre as questões do ENEM que abordam a Física. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA, XVIII., Vitória, ES, 2009.

SOUSA, S. M. Z. Possíveis impactos das políticas de avaliação no currículo escolar. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 119, 2003.

Publicado
2013-05-31
Seção
Artigos