Saberes de professores críticos-reflexivos no curso de Pedagogia

  • Vanda Moreira Machado Lima Centro de Ensino Superior de Tupi Paulista
  • Yoshie Ussami Ferrari Leite UNESP – Presidente Prudente

Resumo

O curso de Pedagogia da UNESP, Campus de Presidente Prudente é eixo norteador deste texto, que se desenvolve a partir da análise do curso segundo o conceito do professor crítico reflexivo e dos saberes fundamentais à docência (saber da experiência, saber do conhecimento e saber pedagógico). Resulta de uma pesquisa qualitativa com abordagem de estudo de caso, porque utiliza a história de vida da pesquisadora, a análise documental e entrevistas semi-estruturadas. O estudo possibilitou a reflexão sobre o processo de ensino realizado no Curso de Pedagogia, que demonstrou a ausência de um compromisso profissional e coletivo dos professores do curso em relação aos objetivos definidos, a inexistência do trabalho interdisciplinar e coletivo, a dicotomia entre a teoria e prática, a frágil proposta de Estágio, a precariedade dos fundamentos específicos para formação do professor, a não valorização da realidade escolar e da experiência dos alunos, o que levou à constatação de que apenas papéis e documentos não asseguram mudanças. Tais problemas necessitam ser superados para garantir a formação do professor crítico-reflexivo no curso de Pedagogia.

Biografia do Autor

Vanda Moreira Machado Lima, Centro de Ensino Superior de Tupi Paulista

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo/ USP. Profa. do Centro de Ensino Superior de Tupi Paulista.

Yoshie Ussami Ferrari Leite, UNESP – Presidente Prudente
Doutora em Educação pela UNICAMP. Profa. do PPGE-Mestrado em Educação /UNESP – Presidente Prudente

Referências

ALARCÃO, Isabel. Reflexão crítica sobre o pensamento de D. Schön e os programas de formação de professores. In:______ (Org.). ­Formação reflexiva de Professores - Estratégias de Supervisão. Portugal: Editora Porto, 1996. p. 9-40.

ALMEIDA, MARIA. Inês O sindicato como Instituição Formadora dos Professores: novas contribuições ao Desenvolvimento Profissional. São Paulo, 1999. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação/Universidade de São Paulo.

ANDRÉ, M. E. Estudo de Caso: seu potencial na educação. Cadernos de Pesquisa, Campinas, p. 51-54, mai. 1984.

AQUINO, Jakson Alves; MUSSI, M. C. As vicissitudes da formação docente em serviço- a proposta reflexiva em debate. Educação e Pesquisa, São Paulo, p. 211-27, 2001.

BRZEZINSKI, Iria. Embates na definição das políticas de formação de professores para a atuação multidisciplinar nos anos iniciais do ensino fundamental: respeito à cidadania ou disputa pelo poder? Educação & Sociedade, Campinas, n. 68, p. 80-108, dez. 1999.

CAMPOS, Silma; PESSOA, Valda Ines Fontenele. Discutindo a formação de Professoras e Professores com Donald Schön. In: GERALDI, Corinta Maria Grisolia (et al) Cartografias do Trabalho Docente - professor(a) - pesquisador(a). Campinas, SP: Mercado de Letras, 1998. p. 183-206 (Coleção Leituras no Brasil).

FAZENDA, Ivani; SOARES, Magda. Metodologias não-convencioanis em teses acadêmicas. In: FAZENDA, I. (Org.). Novos enfoques da pesquisa educacional. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2001. p.119-35.

FIORENTINI, Dario; SOUZA Jr., Arlindo José; MELO, Gilberto Francisco Alves. Saberes docentes: um desafio para acadêmicos e práticos. In: GERALDI, Corinta; MARILIA, Grisolia et al. Cartografias do Trabalho Docente - professor(a) - pesquisador(a). Campinas, SP: Mercado de Letras, 1998. p. 307-35.

GATTI, Bernardete. Características de Professores(as) de 1o grau no Brasil: perfil e expectativas. Educação & Sociedade, Campinas, n. 48, p. 248-61, ago. 1994.

______. Formação de professores e carreira: problemas e movimentos de renovação. Campinas, SP: Autores Associados, 2000. (Coleção Formação de Professores)

GAUTHIER, C. (et al). Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Trad. Francisco Pereira. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 1998. 457 p.

GARCIA, CAMILA. Martins. A formação de professor: novas perspectivas baseadas na investigação sobre o pensamento do professor. In: NÓVOA, A. (Org.) Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. p. 51-76.

GERALDI, C.ORINTIA MARILIA.,Grisolia ; MESSIAS, MARIA .GLORIA.,Martins; GUERRA, M.D., S. Refletindo com Zeichner: um encontro orientado por preocupações políticas, teóricas e epistemológicas. In: GERALDI, C.M.G. (et al). Cartografias do Trabalho Docente - professor(a) - pesquisador(a). Campinas, SP: Mercado de Letras, 1998. p. 237- 74

GIROUX, HENRY. A. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Trad. Daniel Bueno. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997. 270p.

GUIMARÃES, Valter Soares. Formação de professores: saberes, identidade e profissão. 2.ed.Campinas, SP: Papirus, 2005.128p.

LEITE, Yoshie Ussami Ferrari. A Formação de Professores em nível de 2o grau e a Melhoria do Ensino da Escola Pública. 1994. Tese (Doutorado em Educação) -Faculdade de Educação / Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1994.

LIBÂNEO, JOSE Carlos; PIMENTA, SELMA Garrido. Formação de profissionais da educação: visão crítica e perspectiva de mudança. Educação & Sociedade, Campinas, n. 68, p. 239, 1999.

______. Reflexividade e Formação de Professores: outra oscilação do pensamento pedagógico brasileiro? In: PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, E. (Org.). Professor Reflexivo no Brasil - gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2002. p. 53- 80.

MACHADO, Vanda. Moreira. Curso de Pedagogia: espaço de formação de professor como intelectual crítico reflexivo? 2003. Dissertação (Dissertação em Educação)- Faculdade de Filosofia e Ciências / Universidade Estadual Paulista, Marília, 2003.

MATOS, Junot. Cornélio. Professor Reflexivo? Apontamentos para o debate. In: GERALDI, Corinta M.G. et al. Cartografias do Trabalho Docente - professor(a) - pesquisador(a). Campinas, SP: Mercado de Letras, 1998. p. 277-74.

NUNES, Cely. Socorro. Costa. Os Sentidos da Formação Continuada: o mundo do trabalho e a formação de professores no Brasil. 2000. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação / Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: ______ (Org.). Saberes Pedagógicos e Atividade Docente.São Paulo: Cortez, 1999. p. 15-34.

______. Professor Reflexivo: construindo uma crítica. In: PIMENTA, Selma; GHENDIN, Evandro (Org.). Professor Reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2002. p.17-52.

______. GONÇALVEZ, Carlos Luiz. Revendo o ensino de 2o grau: propondo a formação de professores. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1992. 159 p.

SCHÖN, Donald A. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (Org). Os professores e a sua formação. Portugal: Dom Quixote, 1992. p. 77-92.

______. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Trad. de Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

SILVA, Carmem. Silvia.Bissolli. Curso de Pedagogia no Brasil - história e identidade. São Paulo: Autores Associados, 1999. (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo, 66).

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes e Formação Profissional. 2.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002. 325 p.

ZEICHNER, Kenneth. Formação de Professores: contato direto com a realidade da escola. Presença Pedagógica, v. 6, n. 34, p. 5-15, jul/ago. 2000.

Publicado
2013-06-10
Como Citar
Lima, V. M. M., & Leite, Y. U. F. (2013). Saberes de professores críticos-reflexivos no curso de Pedagogia. Série-Estudos - Periódico Do Programa De Pós-Graduação Em Educação Da UCDB, (26). Recuperado de https://serie-estudos.ucdb.br/serie-estudos/article/view/244
Seção
Artigos