Reforma e políticas de educacão do governo do estado de São Paulo (2007-2011)

  • Miguel Russo Universidade Nove de Julho.
  • Celso Carvalho Doutores da Universidade Nove de Julho.

Resumo

Este texto apresenta os resultados parciais de uma pesquisa que tem como tema as reformas educacionais em curso no Estado de São Paulo, consubstanciadas no denominado Programa de Ação do governo para a educação e, mais detalhadamente, no programa São Paulo faz escola. O objetivo da pesquisa é compreender os fundamentos político-pedagógicos da reforma bem como seus impactos na prática escolar. Este texto analisa os fundamentos político-pedagógicos e, nesse intento, situa essas políticas no contexto do marco regulatório fundado na década de 1990, a partir do governo FHC, apresenta os fundamentos e objetivos dessas políticas, destaca o quanto elas contrariam preceitos legais que garantem a autonomia didático-pedagógico dos professores, apresenta seus idealizadores e, por fim, questiona sua possibilidade de contribuir para a efetiva melhoria da escola pública paulista.

Biografia do Autor

Miguel Russo, Universidade Nove de Julho.
Professores Doutores da Universidade Nove de Julho.
Celso Carvalho, Doutores da Universidade Nove de Julho.
Professores Doutores da Universidade Nove de Julho.

Referências

CORTINA, Roseana Leite. Política Educacional Paulista no Governo Covas (1995-1998): uma avaliação política sob a perspectiva da modernização. 2000. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000

De TOMASI, Livia; WARDE, Miriam; HADDAD, Sergio (Orgs.). O banco mundial e as políticas educacionais. São Paulo: Cortez; PUC; Ação Educativa, 1996.

MESSAS, Júlia Cristina Alves. Circuito Gestão: seus sentidos e implicações para a formação e as práticas dos profissionais da educação. 2002. Dissertação (Mestrado) – FFCLetras da UNESP, Marília, SP, 2002.

MURRIE, Zuleika de Felice. Caderno do gestor. Gestão do currículo na escola. São Paulo: SEE, 2008. v. 1.

RUSSO, Miguel H. Contribuições da administração escolar para a melhoria da qualidade do ensino. In: BAUER, Carlos et al.. Políticas educacionais e discursos pedagógicos. Brasília: Líber Livro, 2007.

RUSSO, Miguel H.; SILVA, Valéria A. Indicadores de qualidade do ensino na reforma educacional paulista. Revista Eletrônica de Política e Gestão Educacional (FCL-Unesp), n. 10, jan./jun. 2011.

SANTA CRUZ, Sonia M. de S. O programa de educação continuada dos gestores da educação pública paulista no contexto das reformas educacionais dos anos de 1990. 2008. Dissertação (Mestrado) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2008

SECRETARIA da Educação do Estado de São Paulo, 2008. Disponível em: <http://www.educacao. sp.gov.br/>. Acesso em: 2 jun. 2008.

______. Proposta Curricular do Estado de São Paulo – São Paulo faz escola, 2008. Disponível em: http://www.rededosaber.sp.gov.br/contents/SIGSCURSO/sigscFront/default.aspx?SITE_ ID=25&SECAO_ID=595>. Acesso em: 3 jun. 2008.

SGUISSARDI, Valdemar; SILVA JR., João dos R. As novas faces da educação superior no Brasil – reformas do estado e mudanças na produção. São Paulo: Cortez; Ed. USF, 2001.

SILVA JR. João dos R. Reforma do estado e da educação no Brasil de FHC. São Paulo: Xamã, 2002.

VILELA, Luciane Ribeiro. Uma análise de políticas educacionais o ensino paulista na década de 90. 2002. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação da UNICAMP, Campinas, 2002.

Publicado
2013-06-03
Seção
Artigos