Implicações do Novo ENEM em escolas estaduais de Curitiba

  • Nicole Glock Maceno
  • Orliney Maciel Guimarães Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Resumo

Discutimos as implicações do Novo ENEM para cinco Escolas Estaduais de Curitiba escolhidas com basenos resultados de suas participações neste exame entre 2005 e 2008. Entrevistamos sete professores deQuímica e aplicamos um questionário a cento e cinquenta e três estudantes do terceiro ano do ensinomédio. Após tabularmos os dados e utilizarmos as contribuições de Moraes e Galiazzi (2007) sobre aAnálise Textual Discursiva para análise das entrevistas, constatamos que as implicações do novo ENEMnas escolas são variadas, porém as ações permanecem isoladas e com ênfase na preparação.

Biografia do Autor

Nicole Glock Maceno
Mestre em Educação em Ciências e em Matemática pela UFPR. Bolsista IEPAM – CAPES/INEP/SECAD. Especialista em Psicopegagogia Escolar pela FACIMOD-PR. Licenciada em Química pela UFPR.
Orliney Maciel Guimarães, Universidade Federal do Paraná (UFPR)
Mestre e Doutora em Ciências pela USP. Licenciada em Química pela UFU. Professora da UFPR - Centro Politécnico, Curitiba, PR.

Referências

BELLONI, I.; MAGALHÃES, H.; SOUZA, L. C. de. Metodologia de avaliação em políticas públicas: uma experiência em Educação profissional. São Paulo: Cortez, 2000. (Coleção Questões da nossa época, v. 75).

CARBONELL, J. A aventura de inovar: a mudança na escola. Porto Alegre: Artmed, 2002. (Coleção Inovação Pedagógica, n. 1).

CASTILHO ARREDONDO, S.; DIAGO, J. C. Avaliação educacional e promoção escolar. São Paulo: UNESP, 2009.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação ética e política em função da educação como direito público ou como mercadoria? Educação & Sociedade, Campinas, v. 25, n. 88, p. 703-725, out. 2004. Edição Especial.

______. Avaliação Educativa: Produção de sentidos com valor de formação. Avaliação, Campinas, v. 13, n. 1, p. 193-207, mar. 2008.

______. Acreditação da Educação Superior. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 2010, Brasília Resumos..., Brasília, 2010, p. 1-28. Disponível em: <http://conae.mec.gov.br/>. Acesso em: 02 ago. 2010a.

______. Acreditação da Educação Superior. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 2010, Brasília Resumos..., Brasília. p. 1-28. Disponível em: <http://conae.mec.gov.br/>. Acesso em: 02 ago. 2011. 2010b.

FARIAS, I. M. S. de. Inovação, mudança e cultura docente. Brasília: Líber Livro. 2006.

FERNANDES, D. Para uma teoria da avaliação formativa. Revista Portuguesa de Educação, v. 19, n. 2, p. 21-50, 2009.

GALERA, J. M. B. A gestão de políticas educacionais com um processo de inovação. Pato Branco: Liceu Teixeira, v.1. 2004.

GOODSON, I. Currículo: teoria e história. Rio de Janeiro: Vozes, 1995.

LÓCCO, L. de A. de. Políticas públicas de avaliação: o ENEM e a escola de ensino médio. 141 f. Tese (Doutorado em Educação) – Setor de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2005.

MACENO, N. G. Compreensões e significados sobre o novo ENEM entre profissionais, autoridades e escolas. 320f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e em Matemática) – Setor de Ciências Exatas, Universidade Federal do Paraná, 2012.

MAGGIO, I. P. As políticas públicas de avaliação: o ENEM, expectativas e ações dos professores. 157f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Setor de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2006.

MORAES, R. Ninguém se banha duas vezes no mesmo rio: currículos em processo permanente de superação. In: MORAES, R.; MANCUSO, R. (Orgs.). Educação em Ciências: produção de currículos e formação de professores. 2. ed. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 2006. p. 15-41. (Coleção Educação em Química).

MORAES, R.; GALIAZZI, M. do. Análise textual discursiva. Ijuí: Editora Unijuí. 2007.

PARANÁ. SEED-PR: Secretaria do Estado da Educação do Paraná. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/diaadia/diadia/>. Acesso em: 29 set. 2011.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes. 2002.

ZANCHET, B.M.A. A prática avaliativa do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM): pressupostos conceituais e implicações no contexto escolar. 400f. Tese (Doutorado em Educação) – Setor de Educação, Unisinos, São Leopoldo, 2003. p. 12-89.

Publicado
2013-05-31
Seção
Artigos