O contexto escolar Terena na perspectiva dos professores e a construção de uma educação diferenciada

  • Marta Regina Brostolin UCDB
  • Simone de Figueiredo Cruz SESI
  • Fernando de Azambuja de Almeida UCDB

Resumo

Este texto apresenta um recorte de um trabalho mais amplo que se estrutura em três eixos: memória histórica, meio ambiente e processos de aprendizagem e ensinagem, sendo o foco os professores da escola Alexina Rosa Figueiredo, da Aldeia Buriti, Terra Indígena Buriti, município de Dois Irmãos do Buriti, MS. A pesquisa está fundamentada nos estudos sobre as culturas, na perspectiva intercultural, considerando os aspectos psicopedagógicos, antropológicos e históricos de territorialidade e sustentabilidade destes povos. A etapa empírica baseia-se em entrevistas e os resultados ainda parciais demonstram o desejo e a necessidade da reconstrução do projeto político pedagógico. Os professores afirmam estarem avançando nesse processo de forma gradual, percebendo-se uma maior mobilização dos mesmos ao buscarem apoio nas universidades e com pesquisadores para viabilizarem seus projetos, entre eles a experiência de elaborar material didático na língua terena e portuguesa centrado nos saberes locais como subsídio de uma proposta diferenciada.

Biografia do Autor

Marta Regina Brostolin, UCDB
Mestre em Educação e Doutora em Desenvolvimento
Local.(Universidade Complutense de Madri). Professora da
Universidade Católica Dom Bosco.
Simone de Figueiredo Cruz, SESI
Mestre em Educação (UCDB), atuando na área educacional
do SESI, MS.
Fernando de Azambuja de Almeida, UCDB
Mestrando em Educação (UCDB), desenvolvendo pesquisas
na temática indígena.

Referências

AZEVEDO, M. M. Diagnóstico da população indígena no Brasil. Ciência e Cultura. São Paulo: Unicamp, v. 60, n. 4, out. 2008. Disponível em: <http://cienciaecultura.bvs.br/ scielo.php?pid=S0009- 67252008000400010&script=sci_arttext>. Acesso em: 26 jan. 2009.

BRAND, A. Educação escolar indígena: o desafio da interculturalidade e da eqüidade. Série- Estudos, Campo Grande-MS, n.12, p.35-43, jul./dez. 2001.

______. Os desafios da interculturalidade e a educação infantil. In: Rumbo a la Interculturalidad en Educacion. México: Casa Abierta al Tiempo, 2002.

BROSTOLIN, M. El papel da educación en programas de desarrollo local en populacions indígenas. 2005. Tese (Doutorado) H Universidade Complutense de Madri, Espanha, 2005.

CARVALHO, I. M. O povo Terena e a política de educação escolar indígena em MS. 2001. Tese (Doutorado) H Faculdade de História, Direito e Serviço Social, Universidade Estadual Paulista “Júlio Mesquita”, Franca-SP, 2001.

FAGALI, E. Q. Múltiplas faces do aprender.: novos paradigmas da pós-modernidade. São Paulo: Unidos, 2001.

______. A dinâmica relacional, a subjetividade, o múltiplo e o transitar na aprendizagem do adolescente da quinta série. 2001. 250p. Tese (Doutorado) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.

FERNÁNDEZ, A. Inteligência aprisionada. Porot Alegre: Artes Médicas, 1991.

FLEURI, R. M. (Org.). Educação intercultural.: mediações necessárias. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

______. Interculturas: estudos emergentes. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2001.

HALL, S. Identidades culturais na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 1997.

KÜPER, W. Pedagogia intercultural bilíngüe – experiências de la region Andina.

Quito/Equador: [s.n.], 1993

LITTLE, P. E. Territórios sociais e povos tradicionais no Brasil.: por uma antropologia da territorialidade. Brasília: [s.n.], 2002. 31 p. (Série Antropologia).

MANGOLIM, O. Da escola que o branco faz à escola que o índio necessita e quer.: uma educação indígena de qualidade. Campo Grande: UCDB, 1999.

OLIVEIRA, J. P. Uma etnografia dos índios misturados? In: ______. A viagem de volta.: etnicidade, política e reelaboração cultural no Nordeste indígena. Rio de Janeiro: Contra Capa, 1999.

SILVA, A. L.; FERREIRA, M. K. L. (Orgs.). Antropologia, história e educação.: a questão indígena e a escola. São Paulo: Global, 2001.

______. Práticas pedagógicas na escola indígena. São Paulo: Global, 2001. VARGAS, V. L. F. A construção do território Terena (1870-1966).: uma sociedade entre a imposição e a opção. 2003. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Dourados, 2003.

Publicado
2013-06-04
Seção
Artigos