Níveis de mal/bem-estar, autoimagem e autoestima e autorrealização de docentes em uma escola tradicional de Porto Alegre

  • Karina Pacheco Dohms Colégio Marista Assunção.
  • Claus Dieter Stobaus UNILASALLE
  • Juan José Mouriño Mosquera PUCRS

Resumo

Esta pesquisa buscou analisar as influências que o mal/bem-estar docente pode provocar no fazer docente, coletando para isso respostas de 25 docentes. A pesquisa, quantitativa, coletou respostas em três questionários quantitativamente analisados com Estatística Descritiva e Inferencial, complementada com dados qualitativos, submetidos à técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. Com essas respostas, fica possível evidenciar um grande nível de estresse entre os professores, apesar da tendência a níveis positivos de autoimagem e autoestima, existindo também necessidades de autorrealização a serem satisfeitas, para chegarem a uma melhor autorrealização. Ressaltamos a importância de adotar ações que contribuam para a melhoria da saúde docente, por parte das instituições de ensino e também da sociedade, proporcionando apoio, acolhimento, desenvolvendo relações baseadas no afeto e bem-estar.

Biografia do Autor

Karina Pacheco Dohms, Colégio Marista Assunção.
Doutoranda e Mestre em Educação pela PUCRS. Especialista
em Recreação, Lazer e Jogos Cooperativos. Professora
de Educação Física do Colégio Marista Assunção.
Claus Dieter Stobaus, UNILASALLE
Pós-doutor pela Universidad Autónoma de Madrid,
Espanha. Doutor em Ciências Humanas e Educação pela
UFRGS. Professor titular da Faculdade de Educação – PUCRS.
Professor no UNILASALLE.
Juan José Mouriño Mosquera, PUCRS
Pós-doutor pela Universidad Autónoma de Madrid,
Espanha. Livre Docente em Psicologia da Educação pela
PUCRS. Professor titular da Faculdade de Educação e de
Letras da PUCRS.

Referências

ASSMANN, Hugo; SUNG, Jung M. Competência e sensibilidade solidária: educar para a esperança. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

CODO, Wanderley (Coord.). Educação: carinho e trabalho. Petrópolis, RJ: Vozes, 2006.

DOHMS, Karina P. Mal/bem-estar docente, auto-imagem e auto-estima e auto-realização em uma escola tradicional de Porto Alegre. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da PUCRS, Porto Alegre, RS, 2011.

ESTEVE, José M. O mal-estar docente. Bauru: Edusc, 1999.

______. A terceira revolução educacional. São Paulo: Moderna, 2004.

______. Bem-estar e saúde docente. Revista PRELAC - Educação para todos. REALC/ UNESCO, Santiago, Chile, ano I, n. 1, p. 116-133, jul. 2005.

JESUS, Saul N de. Como prevenir e resolver o stress dos professores e a indisciplina dos alunos? Cadernos do CRIAP. Porto: ASA editores, 2001a.

______. Pistas para o bem-estar dos professores. Educação, Porto Alegre, ano XXIV, n. 43, p. 123- 132, abr. 2001b.

______. Psicologia da Educação. Coimbra: Quarteto, 2004.

JESUS, Saul N. de; VIEIRA, Joana C.; MOSQUERA, Juan J. M.; STOBÄUS, Claus D.; ESTEVE, José M. Formação em Gestão de Stresse. Revista Mal-Estar e Subjetividade, Fortaleza, v. 2, n. 4, p. 358-371, 2004.

JESUS, Saul N.; SAMPAIO, Adelar A.; STOBÄUS, Claus D.; MOSQUERA, Juan J. M. Promoção do bem-estar docente através de programa de formação continuada. Polimorfia, Mato Grosso, v. 5, p. 83-88, 2008.

JESUS, Saul N. et al. Avaliação da motivação e do bem/mal-estar dos professores: estudo comparativo entre brasil e portugal. Amazônica - Revista de Psicopedagogia, Psicologia Escolar e Educação, Humaita, v. VII, p. 07-18, 2011.

MASLOW, Abraham H. Introdução à psicologia do ser. Rio de Janeiro: Eldorado, [s.d.].

______. Motivación y Personalidad. Madrid: Ediciones Díaz de Santos, 1991.

MOSQUERA, Juan J. M. O professor como pessoa. Porto Alegre: Sulina, 1978.

MOSQUERA, Juan J. M.; STOBÄUS, Claus D. O mal-estar na docência: causas e conseqüências. Revista da ADPPUCRS, Porto Alegre, n. 2, p. 23-34, nov. 2001.

______. Auto-imagem, auto-estima e auto-realização: qualidade de vida na universidade. Psicologia,+ Saúde & Doenças, Lisboa, v. 7, n. 1, p. 83- 88, jul. 2006.

______. A formação do professor: do mal-estar ao bem-estar na docência. Projeto de Pesquisa. Porto Alegre: PPGE-Faculdade de Educação da PUCRS, 2009.

PERRENOUD, Philippe. A prática reflexiva no ofício de professor. Profissionalização e razão pedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2002.

SANTOS, Bettina S. dos; CARREÑO, Angel B. A motivação em diferentes cenários. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

STOBÄUS, Claus D. Desempenho e auto-estima em jogadores profissionais e amadores de futebol. Análise de realidade e implicações educacionais. 1983. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação da UFRGS, Porto Alegre, 1983.

______. A neuropsicopedagogia e seus aportes para o auto-conhecimento e o trabalho. In: Congresso Brasileiro de Psicologia da Saúde, II., 2010. Anais... Uberlândia: UFU, 2010. p. 1-15.

STOBÄUS, Claus D.; MOSQUERA, Juan J. M.; TIMM, Edgar Z.; JESUS, Saul N. de; SAMPAIO, Adelar A. Rumo ao bem-estar docente. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO SUL - ANPED-SUL, VIII., 2010, Anais... Londrina: UEL, 2010. p. 1-17.

SUNG, Jung M. Educar para reencantar a vida. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2007.

TRAVERS, Cheryl J.; COOPER, Cary L. El strés de los profesores. La presión en la actividad docente. Barcelona: Paidós, 1997.

Publicado
2013-06-03
Seção
Artigos