É possível ensinar uma paixão? Reflexões circunstanciadas sobre o processo de formação do leitor

  • Rosimar Serena Siqueira Esquinsani Universidade de Passo Fundo, RS.
  • Valdocir Antonio Esquinsani Universidade de Passo Fundo, RS.

Resumo

É possível ensinar uma paixão? Ao desenhar respostas para essa provocação, o texto filia-se às reflexões sobre o fomento à leitura na escola, admitindo ser possível construir metodologias e estratégias que favoreçam uma relação positiva com a leitura. Para tanto, o texto esquadrinha uma pesquisa de teor qualitativo, realizada em escola pública, no período de 2007-2011, cujos elementos empíricos foram retirados de dois grupos de documentos: a) os dados sobre a frequência dos alunos à biblioteca e o levantamento das obras mais procuradas, e b) os registros produzidos pelos alunos na disciplina de Língua Portuguesa, repercutindo a leitura em sala de aula. O texto conclui que a atuação docente pode ser fator concorrente para que o aluno ‘apaixone-se’ pela leitura, sendo que os processos de gestão da classe são corresponsáveis pela formação do leitor.

Biografia do Autor

Rosimar Serena Siqueira Esquinsani, Universidade de Passo Fundo, RS.
Doutora em Educação. Professora do Programa de Pós-
Graduação em Educação da Universidade de Passo Fundo,
RS. E-mail: rosimaresquinsani@upf.br
Valdocir Antonio Esquinsani, Universidade de Passo Fundo, RS.
Mestre em Letras. Professor de Língua Portuguesa da
Universidade de Passo Fundo, RS.

Referências

ALMEIDA, Geraldo Peçanha de. Práticas de leituras. Curitiba: Pró-Infantil, 2008.

KUENZER, Acacia (Org.). Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 3. ed. Cortez, 2002.

GABRIEL, Carmen Teresa. A identidade (nacional) na berlinda: uma forma possível de entrar no debate em torno da educação intercultural. In: CANDAU, V. M. Cultura(s) e educação: entre o crítico e o pós crítico. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

LAHIRE, Bernard. Sucesso escolar nos meios populares: as razões do improvável. 1. ed. Porto Alegre: Ática, 2004.

______. Patrimônios individuais de disposições: para uma sociologia à escala individual. Sociologia - problemas e práticas, Lisboa, n. 49, 2005, p.11-42.

LERNER, Delia. Ler e escrever na escola: o real, o possível e o necessário. Porto Alegre: Artmed,2002.

RODRIGUES, Armindo José. A organização e gestão do processo ensino-aprendizagem no 1º ciclo do ensino fundamental. Revista Brasileira de Educação Especial. Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial, Marília, SP, v. 11, n. 3, p. 429-444, 2005.

SILVA, Ezequiel Theodoro da. A produção da leitura na escola: pesquisas x propostas. 2. ed. São Paulo: Àtica, 2002.

Publicado
2013-06-03
Seção
Artigos