Globalização e Estado: as iniciativas de transnacionalização da educação.

  • Carlos Henrique de Carvalho UFU
  • Wenceslau Gomes Neto UFU

Resumo

O presente artigo procura delinear as principais iniciativas dos organismos internacionais multilaterais (Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional, Organização Mundial do Comércio, dentre outros) no campo da educação, com o objetivo de transformá-la em um instrumento de bens de serviço, ou seja, o processo educativo seguiria a mesma dinâmica do mercado globalizado, em razão do caráter transnacional que a educação passaria a ter. Neste sentido, esses organismos passam a agir com o intuito de influenciar e direcionar as políticas educacionais dos países em desenvolvimento, como pode-se evidenciar no atual contexto brasileiro, por meio das políticas educacionais implementadas pelo Estado nos três níveis de ensino (Superior, Médio e Fundamental) ao longo da década de 1990.

Biografia do Autor

Carlos Henrique de Carvalho, UFU
Doutor em História pela USP. Professor do Programa de
Mestrado em Educação da UFU.
Wenceslau Gomes Neto, UFU
Doutor em História pela USP. Professor do Programa de
Mestrado em Educação e do Programa de Mestrado em
História da UFU.

Referências

APPLE, Michael W. Educação e Poder.. Porto Alegre: Artes Médicas,1989.

BANCO MUNDIAL. Relatório sobre o desenvolvimento mundial,, 1997.

BOBBIO, Norberto e outros. Dicionário de política.. 3. ed. Brasília: UnB, 1983.

BRUNHOFF, Suzanne de. A hora do mercado: crítica do neoliberalismo.. São Paulo: UNESP, 1991.

CHAUI, Marilena. A universidade operacional. Folha de S. Paulo. 09/05/99.

CORTESÃO L. STOER S. R. Cartografando a transnacionalização no campo educativo: o caso português. In: SANTOS, B. S. A Globalização e as Ciências Sociais. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

CARDOSO, Ruth. Ninguém fica fora.. Educação, ano 26, n. 224, dez/99.

CATANI, Afrânio Mendes. Novas perspectivas nas políticas de educação superior na América Latina no limiar do século XXI.. Campinas: Autores Associados, 1998.

FERNANDES, Maria Dilnéia Espíndola. O orçamento público: algumas considerações conceituais e suas implicações para o financiamento da educação. Trabalho apresentado na 23ª Reunião Anual da ANPED realizada em Caxambu de 24 a 28 de Setembro de 2000 (CD-ROM).

FRIGOTTO, Gaudêncio. Educação e a crise do capitalismo real. São Paulo: Cortez, 2000.

_____. A produtividade da escola improdutiva. São Paulo: Cortez, 2001.

GENTILI, Pablo. A falsificação do consenso.. Petrópolis: Vozes, 1998.

_____. Globalização excludente.. Petrópolis: Vozes, 2000.

_____. Neoliberalismo, qualidade total e educação.. 5. ed. Petrópolis, Vozes, 1994.

_____. Pedagogia da exclusão.. 4. ed. Petrópolis, Vozes, 1998.

HOBBES, Thomas. Leviatã ou matéria, forma e poder de um estado eclesiástico e civil.. 3. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

IANNI, Octavio. A era do globalismo.. RJ: Ed. Civilização Brasileira, 1999.

KURZ, Robert. O colapso da modernização.. 4.. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

MACHADO, Carlos Roberto S. Porto Alegre e a contra-hegemonia: aspectos para um estudo.

MOROSINI, Marília Costa (org.). Mercosul/ Mercosur: políticas e ações universitárias.. Campinas: Autores Associados, 1998.

NÓVOA, Antonio. O mega negócio da educação. Revista Exame. São Paulo, ano 36, n. 7, 3 de Abril/2002.

OLIVEIRA, Romualdo Portela (org). Política educacional: impasses e alternativas. São Paulo: Cortez, 1995.

PERONI, Vera Maria Vidal. O estado brasileiro e a política educacional dos anos 90 Trabalho apresentado na 23ª Reunião Anual da ANPED realizada em Caxambu de 24 a 28 de Setembro de 2000 (CD-ROM).

RIBEIRO, Maria das Graças M. Crise do capital, neoconservadorismo e educação superior..Trabalho apresentado na 23ª Reunião Anual da ANPED realizada em Caxambu de 24 a 28 de Setembro de 2000 (CD-ROM).

SADER, Emir; GENTILI, Pablo (org.). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o estado democrático.. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Os processos de globalização: In: Globalização: fatalidade ou utopia. Porto Afrontamento, 2001.

_____. A globalização e as ciências sociais. São Paulo: Cortez, 2002.

SAVIANI, Dermeval. Da nova LDB ao novo plano nacional de educação: por uma outra política educacional. Campinas: Autores Associados, 1998.

SILVA, Tomaz Tadeu; GENTILLE, Pablo. Escola S. A. Brasília: CNTE., 1996.

SIQUEIRA, Ângela. A educação analisada sob o foco do contexto econômico In: Revista Folha Dirigida. Livraria Dirigida, 2002.

SOUZA, Paulo Renato. Enfrentar e vencer desafios.. Brasília: MEC, Abril, 2000.

STOER, Stephen. A transnacionalização da educação – da crise da educação à educação da crise. Porto: Afrontamento, 2001.

_____. A escola para todos e a excelência acadêmica. São Paulo: Cortez, 2003.

TARGINO, Maria das Graças. Avaliação dos cursos de pós-graduação: estímulo ou coerção. Infocapes – Boletim Informativo da CAPES. Brasília: Estudos & Dados, v. 7, n. 1, 1999.

Publicado
2013-10-24
Seção
Dossiê