A criança guarani/kaiowá e a questão da educação infantil

  • Adir Casaro Nascimento UCDB
  • Antonio J. Brand UCDB
  • A. H. Aguilera Urquiza UFMS.

Resumo

O texto aborda as complexas questões decorrentes do encontro com a criança indígena e procura ampliar o debate sobre as conseqüências antropológicas e cognitivas da oferta da Educação Escolar Infantil em terras indígenas, suas implicações nos processos de construção identitários e culturais, decorrentes do deslocamento das crianças indígenas de seu contexto de socialização primária (família, comunidade, paren­tescos). Tendo como referência o grupo étnico Kaiowá e Guarani, de Mato Grosso do Sul, o ensaio parte das reflexões e discussões preliminares com pais, professores e lideranças indígenas e das traduções oficiais sobre o tema, em especial o discurso da inclusão e do direito, ignorando a diferença, no que se refere a convivência com os hábitos e formas de aprender e de compreender o mundo em especial a pedagogia indígena aplicada à criança nos seus primeiros anos de vida.

Biografia do Autor

Adir Casaro Nascimento, UCDB
Doutora em Educação pela UNESP/Marília. Professora do Programa de Mestrado em Educação da Universidade Católica Dom Bosco. e-mail: adir@ucdb.br
Antonio J. Brand, UCDB
Doutor em História Latino-americana pela PUC/RS. Professor do Programa de Mestrado em Educação da Universidade Católica Dom Bosco.
A. H. Aguilera Urquiza, UFMS.
*** Doutor em Antropologia pela Universidad de Salamanca. Professor da UFMS.

Referências

BARTH, Fredrik. Guru, o iniciador e outras variações antropológicas. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2000.
BENJAMIN, W. Obras escolhidas I. Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1985.
______. Obras escolhidas II. Rua de mão única. São Paulo: Brasiliense, 1987.
BERGER, Peter L. & LUCKMANN, Tomas. A construção social da realidade (Tratado de sociologia do conhecimento). 7.ed. Petrópolis: Vozes, 1987.
BHABHA, Homi K.. O local da cultura. Belo Horizonte: UFMG, 1998.
BRAND, Antonio. Os desafios da interculturalidade e a educação infantil. In: Cruz, Héctor Muñoz (Org.). Rumbo a la Interculturalidad en educación. México: Universidad Autônoma Metropolitana-Iztapalapa, 2002.
BUJES, Maria Isabel Edelweiss. Descaminhos. In: COSTA, Marisa Vorraber (Org.) Caminhos Investigativos II: outros modos de pensar e fazer pesquisa em educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2002, p.11-33.
COHN, Clarice. A criança, o aprendizado e a socialização na antropologia. In: LOPES DA SILVA, Aracy; MACEDO A.V. L. da Silva; NUNES, Angela (Orgs.). Crianças Indígenas – Ensaios Antropológicos. São Paulo: Global Editora, 2002.
GARCIA, Regina Leite (Org.) Crianças, essas conhecidas tão desconhecidas. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2002.
LOPES DA SILVA, Aracy; MACEDO, A.V. L. da Silva; NUNES, Angela (Orgs.). Crianças Indígenas – Ensaios Antropológicos. São Paulo: Global Editora, 2002.
MORAIS, Jaqueline de Fátima dos Santos. Histórias e narrativas na educação infantil. In: GARCIA, Regina Leit (Org.). Crianças, essas conhecidas tão desconhecidas. Rio de Janeiro: DP&A editora, 2002.
NASCIMENTO, A.C. A cosmovisão e as representações das crianças Kaiowá-Guarani: o antes e o depois da escolarização. Projeto de Pesquisa/CNPq/FUNDECT/UCDB/UEMS/UFMS.
NUNES, Angela. No tempo e no espaço: brincadeiras das crianças A’uwe-Xavante. In: LOPES DA SILVA, Aracy; MACEDO, A.V. L. da Silva; NUNES, Angela (Orgs.). Crianças Indígenas – Ensaios Antropológicos. São Paulo: Global Editora, 2002.
OLIVEIRA, Alessandra Mara Rotta de. Reflexões em torno da alteridade da infância no contexto da educação infantil. Texto publicado na pág. da ANPED/25ª. Disponível em: <http://www.anped.org.br/25ª>.
SCHADEN, Egon. Aspectos fundamentais da cultura guarani. São Paulo: Pedagógica/USP, 1974.
TASSINARI, Antonella Maria Imperatriz. Escola indígena: novos horizontes teóricos, novas fronteiras de educação. In: SILVA, Aracy Lopes da; LEAL FERREIRA, Mariana Kawall. (Orgs.). Antropologia, história e educação. São Paulo: Global/Mari, 2001.

Publicado
2013-06-12
Seção
Ponto de Vista