Uma reflexão acerca da formação laboratorial em rádio e a perspectiva das novas DCNs para o curso de Jornalismo

Palavras-chave: Diretrizes Curriculares Nacionais. Formação laboratorial. Jornalismo Laboratorial.

Resumo

As novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) para o Curso de Jornalismo, instituídas em 2013, trazem uma preocupação singular com a prática laboratorial no ensino de Jornalismo conjugada com a construção de um pensamento teórico crítico e transformador no âmbito das Ciências Humanas e Sociais. Presumem a formação de um profissional apto a enfrentar o mercado em mutação e um cotidiano marcado por conflitos sociais. Apoiando-se na perspectiva de alguns pensadores da área, como Del Bianco (2014) Kishinevsky (2014), Meditsch (2001) e Spenthof (1998, 2005), o objetivo do artigo é debater as possibilidades dessas experimentações por parte de estudantes de Jornalismo com públicos reais em laboratórios específicos de emissoras de rádio pública e de caráter educativo-cultural. As práticas orientadas nesses espaços se mostram profícuas na formação de um jornalista mais comprometido com a ética cidadã e o contexto social em que se encontra inserido. Ao mesmo tempo, tornam-se um significativo dispositivo pedagógico para as escolas de Jornalismo desenvolverem no campo empírico as teorias problematizadas em outros componentes curriculares.

Biografia do Autor

Ricardo Pavan, Universidade Federal de Goiás
Doutor e mestre em Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos-RS). Pesquisador na Linha de Pesquisa Mídia e Cultura do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e professor do Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Goiás (UFG).
Gabriela Starneck Lopes de Araújo, Universidade Federal de Goiás
Jornalista com experiência profissional em Rádio e TV

Referências

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de Jornalismo. Brasília: CNE/MEC 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/documento_final_cursos_jornalismo.pdf. Acesso em: 30 ago. 2018.

CAMPELO, Wanir. Radioescola ponto com: uma opção educomunicativa. In: SOSTER, Demétrio de Azeredo; TONUS, Mirna (Org.). Jornalismo-laboratório: rádio. Santa Cruz do Sul, RS: Edunisc, 2014. p. 63-76.

DEL BIANCO, Nélia. Quando a sala de aula é um laboratório de ensino-aprendizagem de radiojornalismo. In: SOSTER, Demétrio de Azeredo; TONUS, Mirna (Org.). Jornalismo-laboratório: rádio. Santa Cruz do Sul, RS: Edunisc, 2014. p. 158-75.

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS (FENAJ). Primeiro curso de Jornalismo do Brasil completa 70 anos. Brasília, 17 maio 2017. Disponível em: http://fenaj.org.br/primeiro-curso-de-jornalismo-do-brasil-completa-70-anos/. Acesso em: 16 nov. 2018.

KISCHINHEVSKY, Marcelo. Radiojornalismo para emissoras comunitárias e educativas: uma experiência de ensino-aprendizagem no AudioLab FCS/UERJ. In: SOSTER, Demétrio de Azeredo; TONUS, Mirna (Org.). Jornalismo - laboratório: rádio. Santa Cruz do Sul, RS: Edunisc, 2014. p. 49-62.

MARTINS, Rafael Barbosa Fialho. O jornal-laboratório como exercício da prática e teoria na formação superior em Jornalismo. Revista de Ciências Humanas, Viçosa, MG, v. 12, n. 1, p. 84-94. jan./jun. 2012.

MEDITSCH, Eduardo. O ensino do radiojornalismo em tempos de internet. In: CONGRESSO NACIONAL DE COMUNICAÇÃO - INTERCOM (GT Rádio e Mídia Sonora), 24., set. 2001, Campo Grande, MS. Anais [...]. Campo Grande, MS, 2001. p. 1-10. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2001/papers/NP6MEDITSCH.pdf. Acesso em: 26 nov. 2019.

PAVAN, Ricardo. O ensino laboratorial de rádio no Curso de Jornalismo da UFG: do espaço pedagógico à formação profissionalizante. In: MORAES, Ângela Teixeira de; MAIA, Juarez Ferraz de; FARIAS, Salvio Juliano Peixoto (Org.). Estudos contemporâneos em Jornalismo. Goiânia: UFG, 2016. p. 157-73. (Coletânea 4).

SANTUARIO, Marcos. Edição em rádio: ensinar é preciso, escolher não é preciso. In: FELIPPI, Ângela; SOSTER, Demétrio de Azeredo; PICCININ, Fabiana (Org.). Edição em Jornalismo: ensino, teoria e prática. Santa Cruz do Sul, RS: Edunisc, 2006. p. 96-105.

SOSTER, Demétrio de Azeredo; TONUS, Mirna (Org.). Jornalismo-laboratório: rádio. Santa Cruz do Sul, RS: Edunisc, 2014.

SPENTHOF, Edson Luiz. A experiência laboratorial na Rádio Universitária da UFG e o debate sobre o aperfeiçoamento pedagógico dos cursos de jornalismo. In: FÓRUM NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO, 8., 2005, São Bernardo do Campo, SP. Anais [...]. São Bernardo do Campo, SP, 2005. p. 1-13.

SPENTHOF, Edson Luiz. A importância das rádios e TVs universitárias como laboratórios. Revista Comunicação & Informação, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 153-66, jan./ jun. 1998.

Publicado
2019-12-04
Seção
Artigos