Elaboração, implementação e acompanhamento do Plano de Ações Articuladas (PAR) em municípios de Mato Grosso do Sul

  • Regina Tereza Cestari de Oliveira Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)
  • Elisangela Alves da Silva Scaff Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Ester Senna Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar como se deu o processo de elaboração, implementação e acompanhamento do Plano de Ações Articuladas (PAR) pelas Secretarias de Educação de municípios do estado de Mato Grosso do Sul. Os procedimentos metodológicos compreendem a pesquisa bibliográfica, a seleção e análise de documentos governamentais e a entrevista semiestruturada com os sujeitos envolvidos no processo, dos municípios selecionados para estudo. Os resultados indicam, por um lado, intensa centralização por parte do governo federal no delineamento de critérios e parâmetros para a elaboração do PAR, assim como a fragilidade dos municípios, quanto à institucionalização do planejamento enquanto prática sistemática, não fragmentada, resultante do trabalho coletivo. Por outro, apontam a importância dos questionamentos advindos desse processo, que podem contribuir para a reflexão dos gestores locais e impulsionar a implementação de políticas públicas mais democráticas no âmbito de suas esferas.

Biografia do Autor

Regina Tereza Cestari de Oliveira, Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)
Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da
Unicamp. Docente do Programa de Pós-Graduação, Mestrado
e Doutorado da Universidade Católica Dom Bosco
(UCDB).
Elisangela Alves da Silva Scaff, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo.
Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da
Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Referências

ARRETCHE, M. Tendências no estudo sobre avaliação. In: RICO, E. M. (Org.). Avaliação de políticas sociais: uma questão em debate. 3. ed. São Paulo: Cortez: Instituto de Pesquisas Especiais, 2001.

______. Relações federativas nas políticas sociais. In: Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 80, p. 25-48, set. 2002.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos. Plano Plurianual 2004-2007: mensagem presidencial. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos. Brasília: MP, 2003. 182 p. Disponível em: <www.planejamento.gov.br>.

______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos. Plano Plurianual 2008-2011: projeto de lei. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos. Brasília: MP, 2007a. v. 2. 540 p. Disponível em: <www.planejamento.gov.br>.

______. Decreto n. 6.094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de metas Compromisso Todos pela Educação, pela União Federal, em regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados, e a participação das famílias e da comunidade, mediante programas e ações de assistência técnica e financeira, visando a mobilização social pela melhoria da qualidade da educação básica. Brasília, DF, 2007b. Disponível em: <www.planalto.gov.br/ccivil_03>.

______. Ministério da Educação. Plano de Metas compromisso todos pela educação: Guia prático de ações. Brasília, 2007c. Disponível em: < www.mec.gov.br>.

______. Ministério da Educação. Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. Instrumento de campo. Brasília, 2008.

______. Ministério da Educação. Prestação de contas ordinária anual. Relatório de gestão do exercício de 2009. Brasília, DF: MEC, 2009.

______. Ministério da Educação. Prestação de contas ordinária anual. Relatório de gestão do exercício de 2010. Brasília, DF: MEC, 2010.

COXIM (Município). Relatório Público do Município Coxim, 2007. Disponível em: <http://simec.mec.gov.br>. Acesso em: 10 out. 2010.

CURY, C. R. J. A gestão democrática na escola e o direito à educação. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. Porto Alegre: ANPAE, v. 23, n. 3, set/dez. 2007.

DOURADO, L. F. Avaliação do Plano Nacional de Educação 2001-2009: questões estruturais e conjunturais de uma política. In: Educação e. Sociedade. Campinas, v. 31, n. 112, p. 677-705, jul./set. 2010. Disponível em: <http://www.cedes.unicamp.br>.

DOURADOS (Município). Relatório Público do Município Dourados, 2007. Disponível em: <http://simec.mec.gov.br>. Acesso em: 10 out. 2010.

FONSECA, M.; OLIVEIRA, J. F. de; TOSCHI, M. S. As tendências da gestão na atual política educacional brasileira: autonomia ou controle? In. BITTAR, M.; OLIVEIRA, J. F. de (Orgs.). Gestão e políticas da educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

IANNI, O. Estado e planejamento econômico no Brasil. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1986.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Senso 2010, 2010. Disponível em: <www.ibge.br>.

IPEA. Políticas Sociais – acompanhamento e análise, n. 19. Brasília, DF: IPEA, 2011. Disponível em: <www.ipea.gov.br/portal>.

OLIVEIRA, R. T. C. O plano de ações articuladas em municípios sul-mato-grossenses e suas implicações para a gestão democrática da educação básica. Acta Scientiarum.Education. Maringá, v. 34, n. 2, p. 291-300, jul-dez., 2012.

PAUGAM, S. O enfraquecimento e a ruptura dos vínculos sociais - Uma dimensão essencial do processo de desqualificação social. In: SAWAIA, B. (Org.). As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. 10. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. p. 69-88.

SCAFF. E. A. S. Planejamento da educação e cooperação internacional: uma análise dos Programas Monhangara e Fundescola. 2006. 255f. Tese (Doutorado em Educação)  Universidade Estadual de São Paulo, São Paulo, 2006.

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO. Coxim. [Entrevista]. Abr. 2011.

______. Dourados. [Entrevista]. Dez. 2010.

______. Ponta Porã. [Entrevista]. Nov. 2010.

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO. Corumbá. [Entrevista]. Dez. 2010.

TÉCNICA DE ENSINO. Coxim [Entrevista]. Abr. 2011.

______. Dourados. [Entrevista]. Dez. 2010.

______. Ponta Porã. [Entrevista]. Nov. 2010.

TÉCNICO DE ENSINO. Corumbá. [Entrevista]. Dez. 2010.

VIEIRA, E. Democracia e política social. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1992.

Publicado
2013-05-31
Seção
Dossiê