Chamada para Dossiê: As (novas) políticas curriculares para formação docente: paradoxos e problematizações possíveis

2020-06-08

A Revista Série-Estudos em parceria com a Associação Brasileira de Currículo (ABdC) promove chamada de artigos para o Dossiê, As (novas) políticas curriculares para formação docente: paradoxos e problematizações possíveis, a ser publicado no segundo semestre de 2020, organizado pelas professoras, Graça Regina Franco da Silva Reis (UFRJ) e Verônica Borges de Oliveira (UERJ). Prazo de Submissão: 08/06/2020 a 20/07/2020

Ementa:

Vivemos um cenário pandêmico de obscurantismo e as marcas desses processos estão presentes nas políticas públicas. O Texto Referência - Diretrizes Curriculares Nacionais e a Base Nacional Comum para a Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica proposto a partir do modelo de habilidades e competências previstas na BNCC tem nos instado a refletir sobre a perda do caráter público das políticas educacionais num momento em que vivemos uma agenda conservadora e com predominância de políticas pautadas num viés neoliberal.

Em que medida este documento contempla ou se afasta dos anseios por uma educação de qualidade para todos? Em jogo, temas como: competências, metodologias ativas, profissionalização docente, avaliação docente, centralização curricular, formação inicial e continuada, progressividade dos conhecimentos, normatização pedagógica, perda do caráter público das políticas educacionais, entre outros.

Nesta arena, a proposta desse dossiê é servir de disparador de questões concernentes às políticas curriculares para a formação docente já promulgadas e em processo de promulgação, através de artigos de vários matizes teóricos.

Assim, a expectativa é a de que sejam problematizados nos artigos pontos e tensões presentes nestas políticas de forma que possamos discuti-las amplamente.